Amêndoas durante a gravidez: os benefícios para a saúde

Related

Xiaomi Redmi Nota 9 – Análise e comparação

é Redmi Note 9 é um dos wannabes mais...

Os 10 melhores smartwatches de 2021 – comparação e guia

O relógios inteligentes estão na moda. Em parte, isso...

Amazfit Bip Lite: análise e opinião honesta

O Amazfit Bip Lite é um dos smartwatches mais...

As 100 melhores dicas de limpeza doméstica

Limpar a casa é um trabalho exaustivo e desinteressante,...

Baixar 5 3


Um estudo de pesquisa concluiu que “O consumo regular de amendoim e nozes (amêndoas, nozes, etc.) foi associado a uma redução nas alergias de nozes em crianças”.

As mulheres grávidas são frequentemente aconselhadas a evitar as avelãs (amêndoas, amendoins, nozes ou outras) se tiverem alergias na família para evitar que o bebê desenvolva alergias a nozes. No entanto, isso não é mais o caso, pois alguns resultados mostram que as nozes são benéficas para o bebê em crescimento.

No entanto, você precisa saber por que, quando e como comer amêndoas durante a gravidez. Embora as amêndoas tenham um status de superalimento, elas atendem às necessidades nutricionais de uma mulher grávida? O Guidapergenitori irá ajudá-la a compreender tudo sobre as amêndoas durante a gravidez.

É seguro comer amêndoas cruas durante a gravidez?

Sim, é seguro consumir amêndoas cruas, pois são ricas em nutrientes como ferro, cálcio, ácido fólico e fibras. No entanto, as mulheres grávidas devem evitar comer amêndoas ou outras frutas secas se forem propensas a alergias.

Você pode comer amêndoas molhadas (encharcadas) durante a gravidez?

Você pode comer amêndoas embebidas, a menos que seja alérgico a elas. Amêndoas embebidas liberam enzimas que auxiliam na digestão e agregam valor nutricional à noz. Imersão durante a noite ajuda a digestão e ajuda a remover a pele bronzeada, que geralmente contém taninos. O tanino é conhecido por diminuir a absorção de nutrientes.

Amêndoas embebidas são melhores do que amêndoas cruas?

Embora ambos sejam saudáveis, amêndoas embebidas ainda são a melhor opção. Aqui estão as razões do porquê.

1. Ácido fítico degenerado:

ácido fítico A presença nas plantas melhora a vida das nozes e sementes, mas também retarda a absorção de minerais essenciais em nosso corpo. Portanto, muito ácido fítico pode levar à deficiência mineral.

A imersão das amêndoas remove o ácido fítico e libera fósforo, que é bom para a saúde dos ossos e auxilia na digestão.

2. Neutraliza os inibidores da enzima: por

Embeber as amêndoas com o sal neutraliza os inibidores de enzimas e libera enzimas benéficas, aumentando a biodisponibilidade das vitaminas nas próprias amêndoas.

Os inibidores de enzimas param especificamente as enzimas que quebram o glúten. Após a neutralização, no entanto, as enzimas que ajudam a quebrar o glúten e apoiar o processo de digestão do glúten são liberadas. Digere o glúten antes de chegar ao intestino, o que o torna mais fácil de digerir do que as amêndoas secas.

3. Neutraliza o tanino:

O tanino confere às amêndoas um tom amarelado e um sabor amargo. Porém, é solúvel em água e degenera quando embebido, reduzindo o sabor amargo, tornando-o mais doce.

Embebidas ou não, as amêndoas em geral oferecem muitos benefícios durante a gravidez.

Quais são os benefícios das amêndoas durante a gravidez?

As amêndoas são ricas em excelentes nutrientes essenciais para a mãe e para o crescimento e desenvolvimento do bebê. Os benefícios nutricionais incluem:

1. O ácido fólico evita anormalidades neurais:

Amêndoas cruas ou embebidas são as melhores fontes de ácido fólico (6), que é uma grande ajuda para o desenvolvimento do cérebro e do sistema neurológico do bebê. O ácido fólico também é importante na prevenção de defeitos do tubo neural em bebês (7). Durante a gravidez, você precisa de cerca de 400 µg de ácido fólico para atender às necessidades do bebê.

2. Melhore o metabolismo:

Bebês nascidos de mulheres com sobrepeso ou diabéticas têm maior probabilidade de desenvolver obesidade e problemas metabólicos. As amêndoas são uma fonte saudável de carboidratos e gorduras na dieta que auxiliam o metabolismo e reduzem a inflamação, o estresse oxidativo e o açúcar no sangue.

3. Evite ganho de peso excessivo:

A gravidez leva ao aumento de peso e a compulsão alimentar pode dificultar o controle do seu peso. As amêndoas podem mantê-lo saciado por mais tempo e reduzir o risco de ganho de peso desnecessário.

Em um estudo de pesquisa com 20 mulheres com sobrepeso que apresentavam alto risco de engravidar, descobriu-se que consumir 56 gramas de amêndoas diariamente aumentava a saciedade, reduzindo o hormônio da fome grelina e aumentando a leptina, que diminuía o apetite. A observação concluiu que as amêndoas desempenham um papel importante na melhoria da sensação de saciedade, reduzindo o apetite e facilitando o ganho de peso saudável.

4. Suprimentos de ferro:

1 onça de amêndoas contém 1,1 mg de ferro, que é 6% de sua necessidade diária de ferro. Como as necessidades de ferro são altas durante a gravidez, especialmente no primeiro trimestre, você certamente o obterá com uma ingestão diária adequada de amêndoas.

5. Proteja o bebê de futuras alergias:

De acordo com um estudo, comer nozes durante a gravidez protegerá o bebê de alergias no futuro. Portanto, você pode consumir uma proporção segura de nozes, como amêndoas e amendoins, para reduzir o risco de alergias em crianças (11).

Acredita-se que o alto consumo de nozes esteja inversamente relacionado à asma em crianças, já que as nozes contêm vitamina E e zinco, os quais protegem as crianças da asma.

6. As proteínas oferecem resistência:

As amêndoas contêm uma boa quantidade de proteínas, que fornecem a força e a resistência necessárias para o parto. A proteína também promove o desenvolvimento saudável do bebê e mantém o peso da mãe sob controle.

7. A fibra dietética estimula a digestão:

As amêndoas são ricas em fibras e facilitam a digestão e regulam os movimentos intestinais. Eles também tratam problemas de constipação, que são muito comuns durante a gravidez.

8. O cálcio fortalece os ossos: a

Uma onça de amêndoas fornece aproximadamente 75 mg de cálcio. Ajuda a reduzir o risco de pré-eclâmpsia e também ajuda na formação óssea do feto.

Quantas amêndoas você pode comer por dia durante a gravidez?

Se for cru ou embebido, você pode comer até 30 gramas, o que equivale a um terço de uma xícara, ou cerca de 23 amêndoas, segundo a USFDA. Experimente embeber as amêndoas no início da manhã. Você não deve comer mais do que a quantidade recomendada, pois pode levar a efeitos desagradáveis, como ganho de peso e problemas digestivos.

Quando você deve comer amêndoas durante a gravidez?

Você pode comer amêndoas durante a gravidez, independentemente do trimestre. São cerca de dez da manhã e dez da noite, ou você pode administrar sua programação como achar melhor.

Consulte um médico antes de aumentar a quantidade de amêndoas, no entanto, muitas delas podem causar efeitos colaterais.

spot_img